A gordura abdominal é aquela que fica acumulada nas camadas mais profundas do abdômen e envolve alguns órgãos internos, como pâncreas, rins, intestinos, estômago, fígado e coração. Esse tipo de gordura produz hormônios do estresse e substâncias inflamatórias que podem afetar a produção de insulina no organismo.

Além disso, a gordura visceral é perigosa, pois pode aumentar o risco de desenvolver doenças do coração, pressão alta e diabetes tipo 2. Por provocar malefícios, muitas pessoas se perguntam como reduzir a gordura abdominal.

Para isso, o ideal é ingerir alimentos saudáveis, praticar exercícios físicos e apostar no uso de fitoterápicos. A seguir, vamos apresentar algumas dicas de como reduzir a gordura abdominal. Confira!

Mantenha uma alimentação saudável

Manter uma alimentação adequada é essencial para conseguir reduzir a gordura da região. Para isso, invista em legumes, cereais, verduras e não se esqueça das fibras (chia, linhaça e aveia) em todas as refeições para não ficar com fome  elas mantêm o intestino funcionando corretamente.

Ademais, evite alimentos doces, gordurosos e ricos em carboidratos refinados. A alimentação para perder gordura abdominal deve ser baseada em alimentos naturais, como proteínas magras, verduras e frutas.

Pratique atividades físicas

Praticar exercícios aeróbios é uma forma eficaz de queimar calorias e melhorar a saúde. Independentemente da intensidade, o ideal é se exercitar e procurar a ajuda de um profissional para auxiliar nesse processo. Uma boa opção é praticar a corrida, pois nesse esporte o corpo utiliza a gordura acumulada como fonte de energia, além de aumentar a sensibilidade à insulina.

Treinar com pesos também é importante, porque gera inúmeras adaptações no organismo, desde o aumento dos níveis de hormônios que queimam gorduras até a melhora do metabolismo.

Evite ingerir gordura trans

As gorduras trans são geradas ao adicionar hidrogênio a óleos vegetais, também conhecidos como gordura hidrogenada. Esse tipo de gordura está relacionada ao aparecimento de doenças cardiovasculares, aumento da inflamação corporal, acúmulo de gordura na região do abdômen e resistência à insulina.

Assim, o ideal é eliminar completamente o seu consumo, principalmente de alimentos industrializados, doces e frituras. Por isso, leia sempre o rótulo de ingredientes dos alimentos que você consome.

Use fitoterápicos

Os fitoterápicos são derivados de plantas que são conhecidas por seus benefícios medicinais, inclusive para o emagrecimento e redução da gordura corporal. Apesar de serem retirados da natureza, eles ainda passam por um processo de industrialização. Confira os principais fitoterápicos que você precisa investir:

Chá verde 

O chá verde auxilia na queima de gordura, acelera o metabolismo e controla o colesterol. Além disso, promove a saciedade e ajuda na digestão, sendo uma boa opção para quem deseja reduzir a gordura abdominal. Porém, é importante usá-lo moderadamente durante a noite, principalmente por quem sofre de insônia.

Morosil

O morosil é um extrato seco obtido a partir do suco de laranjas vermelhas. O produto promove uma redução acentuada no tamanho das células de gorduras pela diminuição do acúmulo de lipídeos.

Café verde

O café verde mantém os níveis baixos de glicose no sangue e diminui o acúmulo de gordura. Ademais, aumenta a atividade de uma enzima responsável pela oxidação de gordura no fígado.

Viu só como reduzir a gordura abdominal não é impossível? Portanto, mantenha uma alimentação balanceada, pratique exercícios físicos e tenha auxílio dos fitoterápicos. Lembre-se que esses compostos ajudam a queimar gordura e aceleram o metabolismo. Por isso, não deixe de investir!

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe nas redes sociais para que seus amigos também saibam como reduzir a gordura abdominal!