A nossa saúde é o bem mais precioso que temos, então fazer exames frequentemente é a escolha mais sensata. Depois de consultar com médico, é bastante comum sairmos com uma receita na mão com a prescrição de um medicamento que pode ser manipulado ou genérico.

Um dos pontos positivos do mercado farmacêutico é que ele oferece uma boa opção de formas de tratamento. Mas você sabe qual escolher? O manipulado é melhor? Deve-se comprar o genérico?

Para que a sua escolha seja a melhor possível, é necessário conhecer esses tipos de medicamentos mais profundamente, e é exatamente isso que vamos fazer agora!

Apesar de estar no mercado há muito tempo, algumas pessoas ainda sentem certo receio em fazer medicamento manipulado ou comprar um medicamento genérico. Portanto, vamos tirar as dúvidas.

Forma de produção

Medicamentos manipulados

Também conhecido como “fórmula magistral”, o medicamento manipulado é personalizado e atende a necessidade cada paciente individualmente. Ele é fabricado com dosagem específica de cada substância apenas para você. Assim, é criado um medicamento único e exclusivo para o seu tratamento.

Além disso, também é possível personalizar o formato do seu medicamento de acordo com o que for mais conveniente. Ele pode ser em gel, cápsula, xarope, pomada e outros para facilitar a sua administração e melhorar sua absorção pelo organismo.

Genéricos

Como são produzidos em indústrias e em escala absurdamente grande, não há como ajustar as dosagens para cada tipo de paciente. Aqui temos uma concentração padronizada para que sejam usados sem risco por grande número de pessoas.

São chamados de Genéricos por passarem por testes de bioequivalência que comprovam que eles tem os mesmos efeitos dos medicamentos de referência.

Custo-Benefício do medicamento manipulado

É fácil perceber os benefícios dos medicamentos manipulados. Além da individualização do tratamento de acordo com a necessidade de cada paciente pode-se associar substâncias em diversas formas que não são encontradas nos medicamentos industrializados, encontrar substâncias que foram descontinuadas pela industria e até princípios ativos que ainda não foram lançados no país.

Não podemos deixar de salientar que o custo do tratamento é reduzido com a utilização racional do medicamento. Já que é feito na dose correta e na quantidade certa para o tratamento. Assim não há desperdício. Evitando os descartes que contaminam o meio ambiente.  

Escolha da farmácia de manipulação

Caso você dê preferência ao medicamento manipulado, precisa escolher uma boa farmácia de manipulação, que passe mais confiança e a segurança de que o produto é confiável.

Primeiro, descubra se ela cumpre todas as exigências da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e do conselho de farmácia do seu estado. Normalmente, essa certificação costuma ficar na parede dos estabelecimentos e vem com a data de validade.

Observe, também, se a farmácia tem um farmacêutico presente durante todo o período de funcionamento para devida assistência farmacêutica. 

Agora que você já sabe escolher entre remédio manipulado ou genérico, siga as nossas redes sociais — Facebook e Instagram — e veja mais dicas sobre esse e outros assuntos.