Cada vez mais fica comprovada a eficiência dos alimentos anti-inflamatórios e a sua alta capacidade de auxiliar o nosso organismo em processos de inflamação, além de ajudar na prevenção de diversas doenças.

Vale ressaltar que a inflamação perturba o equilíbrio natural do corpo, ou seja, nos deixa mais expostos a doenças mais graves. Por isso, todo auxílio é bem-vindo e encontrá-lo na natureza, na forma de alimentos deliciosos, é ainda melhor!

Mas, afinal, quais são esses alimentos anti-inflamatórios? Vamos listar neste post alguns deles. Prepare-se para colocar mais cor e saúde em suas refeições!

1. Azeite extravirgem

Entre tantos benefícios encontrados no azeite, podemos destacar as suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. Lembrando que, para fazer bem à saúde, o produto deve ser extravirgem e de qualidade superior, pois assim ele será rico em gorduras boas (o ácido oleico, por exemplo), que auxiliam na redução da pressão arterial e no controle do colesterol.

2. Alho e cebola

O que faz com que esses dois alimentos tão comuns na cozinha brasileira sejam grandes aliados no combate às inflamações é um processo bastante interessante. Como o alho e a cebola não são completamente digeridos pelo intestino, o “restante” acaba alimentando as bactérias boas — o que estimula o sistema imunológico e, consequentemente, diminui os processos inflamatórios.

3. Vegetais crucíferos (com um formato de cruz no meio) e verde-escuros

Esse nome curioso remete a legumes e verduras bem populares, como o brócolis, a couve-de-bruxelas, a couve-flor e o repolho. Além deles, as folhas mais escuras, como a rúcula, o agrião e a couve são ricos em sulforafano, substância que diminui a inflamação, alivia a dor e ajuda o organismo a combater o estresse oxidativo.

4. Semente de cânhamo

Ao falarmos em inflamação, é comum pensarmos, primeiramente, em feridas, não é mesmo? Mas há diversos tipos de inflamações recorrentes e bastante sofridas, como a asma, a artrite e outras dores no corpo. Para ajudar a diminuir essas inflamações, as sementes de cânhamo são grandes aliadas, pois contêm ômega-3 e ômega-6 — gorduras com GLA, um potente anti-inflamatório que também inibe o crescimento de células cancerígenas.

5. Mamão

Repleto de papaína e quimopapaína, essa fruta deliciosa e fácil de encontrar ajuda a reduzir as inflamações. Além disso, o mamão tem antioxidantes poderosos, que combatem os radicais livres. Um organismo forte luta melhor contra os agentes causadores da inflamação.

6. Abacaxi

Com alta concentração de vitamina C e da enzima bromelina, esse delicioso e refrescante fruto tropical também ajuda o corpo a se curar! Segundo esta pesquisa da UFJF, além de estimular o sistema imunológico, a vitamina C promove a cicatrização das feridas e muito mais. Por isso, use e abuse dessa fruta e de todas as que contêm essa substância, como laranja e acerola.

7. Manipulados

Dependendo de cada caso, além de contar com as ações anti-inflamatórias dos alimentos, é viável considerar a manipulação. Isso porque os manipulados podem unir diversas matérias-primas indicadas, potencializando os efeitos contra as inflamações.

Lembre-se apenas de não fazer uso de nenhum produto manipulado sem o consentimento do seu médico e/ou nutricionista. Além disso, busque sempre por uma empresa de manipulação séria e experiente, afinal, é preciso selecionar muito bem cada item, desde a sua qualidade até as proporções exatas para que o composto atenda às expectativas e não prejudique a sua saúde.

Gostou de conhecer alguns alimentos anti-inflamatórios? Saiba que a natureza está repleta de “medicamentos” em forma de alimento e que contar com uma alimentação mais natural aumenta a qualidade de vida, a sensação de bem-estar e a longevidade. Por isso, use sem moderação.

Gostou deste conteúdo? Então conheça agora mesmo 4 anti-inflamatórios fitoterápicos e os benefícios para a sua saúde!