Que os medicamentos manipulados oferecem o melhor custo-benefício, não há dúvida. No entanto, mesmo diante de tantos benefícios, na hora de enviar a receita para a farmácia de manipulação ainda surgem algumas dúvidas.

Por isso, neste post vamos explicar as dúvidas mais frequentes sobre medicamentos manipulados. Acompanhe até o final!

O que são medicamentos manipulados

Antes de falar sobre as principais dúvidas, vamos explicar o que é, de fato, um medicamento manipulado: eles são produzidos sob medida para o tratamento do paciente, ou seja, são únicos e personalizados.

A fórmula é prescrita pelo médico ou profissional da área da saúde e deve ser levada até uma farmácia de manipulação para que o farmacêutico produza o medicamento de acordo com as orientações recebidas.

Benefícios dos medicamentos manipulados

Dentre os principais benefícios dos medicamentos manipulados estão:

  • possibilidade de incluir vários componentes em uma única fórmula;
  • personalizado de acordo com o tratamento e restrições do paciente;
  • rótulo personalizado com todas as informações importantes sobre o tratamento;
  • 100% seguro e confiável.

Agora que você já sabe o que são medicamentos manipulados e quais os seus benefícios, vamos falar sobre algumas perguntas que costumam surgir na hora de enviar a receita à farmácia de manipulação. Confira:

5 dúvidas frequentes sobre medicamentos manipulados

1. Qual a diferença entre um medicamento de marca, um genérico e um manipulado?

Medicamentos de marca e genérico são produtos industrializados, isto é, fabricados em grande escala para distribuição. A maior diferença entre um medicamento e outro, são os laboratórios e o valor agregado à marca, que, no primeiro caso, tem um preço maior.

Já os medicamentos manipulados são feitos exclusivamente para o paciente. Utilizam os mesmos componentes de um medicamento industrializado, no entanto são produzidos em quantidade menor, seguindo todas as orientações médicas e condições para eficiência do tratamento.

2. Medicamentos manipulados devem ser armazenados na geladeira?

Os medicamentos manipulados só devem ser armazenados na geladeira caso o rótulo identifique explicitamente essa necessidade. No geral, as fórmulas devem ser armazenadas em temperatura de 15 a 30°C e sem exposição à luz, à umidade e ao calor excessivo.

No entanto, alguns medicamentos que contenham substâncias reagentes ao calor necessitam ser armazenados em menores temperaturas. Por isso, na embalagem você poderá encontrar a informação sobre o armazenamento apropriado. Nesses casos, é importante lembrar que o medicamento não pode ficar dentro ou próximo ao congelador.

3. Por que as cápsulas/comprimidos vieram com cor diferente da fórmula anterior?

Muitas vezes isso acontece porque há mudança de fornecedor ou lote de fabricação dos componentes. No entanto, a cor da cápsula ou comprimido não interfere na qualidade do medicamento.

4. Por que tem um algodão dentro do frasco?

Caso seu medicamento venha com um algodão ou sachê de sílica dentro do frasco, não os retirem, eles não estão lá por acaso. O farmacêutico insere na embalagem esses objetos para manter as cápsulas e comprimidos longe de umidade e não comprometer a eficácia do medicamento.

5. Veio mais comprido no frasco do que o orientado pelo médico. Por quê?

Isso acontece quando o tamanho da cápsula é menor que a dose prescrita pelo médico. Quando isso ocorre, o farmacêutico inclui mais cápsulas à receita. Nesse caso, o farmacêutico deve orientar devidamente o paciente sobre como conduzir o tratamento de forma correta, assim como incluir essas informações de forma clara na embalagem do medicamento. 

E aí, gostou do conteúdo? Curta nossa página no Facebook e acompanhe mais novidades como esta!